Michael Gallup Authentic Jersey Chá de Romã - Como tomar? para que serve? Onde comprar ? - Emagrecer com Saúde - Suco Detox - BemNutri
Feugiat nulla facilisis at vero eros et curt accumsan et iusto odio dignissim qui blandit praesent luptatum zzril.
+ (123) 1800-453-1546
info@example.com

Related Posts

Blog

chá de romã - beneficios

Chá de Romã – Como tomar? para que serve? Onde comprar ?

O chá é uma ótima opção para quem deseja complementar uma alimentação saudável. Além de opções mais convencionais utilizadas nos chás de ervas existem também outros alimentos que podem render bons benefícios. Muitas vezes algumas plantas que temos em nosso quintal podem render uma ótima ajuda tanto na melhoria da saúde quanto na prevenção e tratamento de algumas doenças, é o caso da fruta romã. Vamos ver aqui os benefícios, contraindicações e principais indicações do uso da romã. No final temos ainda três receitas simples para você usufruir das vantagens do consumo de romã.

 

Origem da romã

chá de romã

chá de romã

A romã tem origem nas regiões da Ásia e da Europa, sendo cultivada e vista como fruta típica de países como a Espanha, a Itália, a Tunísia, a Síria, a Grécia, a Turquia e o Chipre. Apesar de ser mais raro o plantio da romã na Europa Central ela é muito cultivada na Europa do sul e também no norte da África. Mesmo sendo tradicionalmente originária destas regiões a romã é plantada e cultivada em mais de cem outros países ao redor do mundo, devido também a seu uso medicinal.

A romã é uma das espécies de plantas que são cultivadas atualmente que foram mais utilizadas na antiguidade, estando presente em culturas e usos domésticos a milhares de anos. No antigo Egito a romã já era utilizada como uma espécie de limonada que era retirada da polpa da fruta, dita pelos escritos como refrescante e ácida, nesses registros a romã era chamada de “shedech-it”. Ainda no Egito, a romã era tradicionalmente associada e relacionada com a saúde das pessoas. Para se ter ideia dessa associação foram encontradas romãs nas tumbas de antigos faraós e acreditasse que seus descendentes as deixavam ali para que a pessoa que havia morrido visse esperança de uma nova vida no fruto que lhe faria companhia em sua tumba.

Como é a romã

A romã, de nome científico Punica granatum L, é um fruto que apresenta a coloração da casca avermelhada ou alaranjada, algumas vezes até amarelada, tem um formato redondo com o que se parece com uma pequena coroa em cima, seu tamanho e forma assemelham-se a de uma laranja. Suas sementes são recobertas por uma polpa que apresenta uma cor vermelha suave, normalmente quando estão maduras. Apesar de ser muito comum se ver romãzeiras em fundos de quintal, esse fruto é muito pouco consumido no Brasil, enquanto que em muitos países ela é considerada sagrada. As folhas da romãzeira apresentam cor verde de um brilho natural e algumas vezes também tem cor avermelhada. A romã apresenta um sabor um pouco ácido. Além de ser um adstringente e um antibiótico natural, a romãzeira é também conhecida por ajudar na longevidade.

Pra que serve o chá de romã

A romã é um fruto com inúmeros benefícios à saúde. A fruta é rica em proteínas, em vitamina C, em vitamina K, em potássio, ácido fólico e fibras. Além disso, a romã possui efeito anti-inflamatório e antioxidante. Outra vantagem da romã é que todas as suas partes podem ser aproveitadas, seus caroços ou sementes são encobertos por uma polpa adocicada, levemente ácida, o que propicia seu consumo in natura ou extraindo sua polpa e tomando em forma de suco, enquanto que as cascas da romã podem ser utilizadas tanto para fazer chá quanto para infusão. Entre os principais benefícios da romã para a saúde destacamos alguns.

Melhora o desempenho na prática de exercícios

A romã pode potencializar a circulação sanguínea nos músculos devido a grande quantidade de nitratos em sua composição. Isso acontece porque na prática de exercícios, que exige uma maior demanda de oxigênio e transporte de nutrientes, calor nos músculos trabalhados e gás carbônico, parte desses nitratos ingeridos da romã é transformada em nitritos, uma substância nos vasos dilatadores aumentando o volume do sangue que é bombeado para os músculos.

Um grande alimento para a pele e os cabelos

Estando entre os mais potentes antioxidantes a romã é três vezes mais forte que a laranja e o chá verde. Além disso, um copo de suco de romã possui 40% da quantidade diária necessária das vitaminas A, C e E e de ácido fólico que nosso corpo necessita. O óleo extraído dos caroços da romã também são muito utilizados em cosméticos para a pele e o cabelo devido a sua rica composição.

O suco da romã ajuda no prolongamento da vida dos fibroblastos, responsáveis pela produção de elastina e colágeno no corpo e também pela regeneração celular. A ingestão constante do suco de romã pode proporcionar uma pele mais tonificada e saudável, inclusive porque atua tanto na camada superior da pele, quanto em camadas mais profundas da pele. A romã ajuda na regeneração de manchas na pele e ajuda na aparência das marcas de expressão. Essas substâncias também atuam na composição dos cabelos, deixando eles mais fortes e prevenindo a sua queda.

Diminui a pressão arterial

Pesquisas estatísticas mostraram que a hipertensão é um dos principais causadores de infarto e derrame. Estudos mostraram que o consumo continuado de 150 ml de suco de romã por dia reduz a pressão sanguínea levemente em apenas duas semanas, devido as propriedades da romã de afinar o sangue.

Possui ação anti-inflamatória

A romã é rica em antioxidantes e possui os chamados de punicalagins, que são encontrados nas cascas e nas sementes do fruto, que são responsáveis pela atuação anti-inflamatória em nosso corpo. Estudos mostraram que o suco de romã ajuda na redução de inflamação no trato digestivo, também em casos de câncer de mama e de colo de útero. Cientistas também confirmaram uma redução relevante de inflamações em pessoas que sofrem de diabetes depois de ingerirem 250 ml do suco de romã, tomando diariamente por 12 semanas.

Protege contra gengivite e placa bacteriana

Graças a suas propriedades anti-inflamatórias e antivirais a romã pode ajudar também no combate a formação de placa bacteriana e contra o surgimento de doenças na gengiva. Evitando doenças como gengivites, periodontites, estomatites e também contra infecções e inflamações na boca. Em uma pesquisa publicada pela revista americana Ancient Science of Life, revelou-se que a ingestão do suco de romã reduz em 32% a formação de placa bacteriana, ainda segundo a revista devido aos polifenóis, antioxidantes presentes no suco de romã, que agem com sua ação antibacteriana.

Auxilia pacientes renais

Um estudo apresentado durante um encontro anual da Sociedade Americana de Nefrologia, em 2010, apontou que a concentração de potássio presente no suco de romã diminui grande parte das complicações vindas da hemodiálise em pacientes renais, o que resulta na diminuição da taxa de mortalidades de pacientes que sofrem com esse tipo de doença.

Melhor que chá verde

O suco de romã é muito popular entre os habitantes da América do Norte, podendo ser encontrado facilmente em supermercados. Estudos recentes da Universidade da Califórnia (UCLA) apontaram que o suco de romã é mais rico em antioxidantes que a uva, o suco de laranja e até mesmo que o chá verde e o vinho. O suco de romã foi classificado como um dos maiores super anti-inflamatórios ficando ao lado, por exemplo, do mirtilo.

Uso da romã na dieta

A romã pode ser um ótimo auxilio na hora de preparar a alimentação da sua dieta. Os caroços do fruto podem ser consumidos na hora do lanche, assim como podem ser colocadas também em saladas, em iogurtes, em mingaus e também em alguns pratos salgados. Além disso, o suco das sementes da romã e o chá de suas cascas também podem ser adicionados a dieta. Para se ter ideia dos benefícios da romã em média um fruto possui 105 calorias, 0,5 gramas de gordura, 26 gramas de carboidratos e é completamente livre de colesterol. Apesar de apresentar uma pequena quantidade de proteínas a romã é uma rica fonte de antioxidantes, fibras e vitaminas e, por tanto, é sim uma grande ajuda para retardar o envelhecimento e contribui significativamente para a saúde no geral.

Como fazer o chá de romã

O mais comum na hora de se fazer o chá de romã é que se use principalmente sua casca, mas temos aqui também uma receita em que você pode aproveitar o suco da romã no preparo de uma bebida saudável e deliciosa. A primeira receita é recomendada para uso da romã e suas propriedades em geral, já a segunda receita é recomendada para quem está sofrendo com a dor de garganta, enquanto que a terceira receita do chá é uma opção gelada e que faz uso do suco da romã.

– Receita um:

Ingredientes

1 litro de água;

4 romãs maduras;

1 colher de sopa mel, para adoçar.

Modo de preparo:

Para começar coloque o litro de água junto com as cascas das romãs, sem as sementes, em uma panela e deixe que ferva por cerca de cinco minutos. Depois de fervido desligue o fogo e depois tampe a panela por mais cinco minutos, nesse tempo haverá a liberação das propriedades que existem na casca da romã. Depois de passados os cinco minutos retire as cascas da mistura da panela e passe o chá resultante para uma jarra. Em seguida utilize o mel e beba o chá ainda quente.

– Receita dois: chá de romã para dor de garganta

Ingredientes

2 xícaras de chá de água;

3 colheres de sopa de casca de romã;

1 colher de chá de sal;

1 colher de chá de vinagre.

Modo de preparo:

Coloque a água em uma panela e deixe ferver. Quando a água já estiver quente adicione as cascas de romã e misture bem por um tempo. Depois desligue o fogo, tampe a panela e deixe lá até que o liquido fique morno. Depois disso coloque o sal e o vinagre, nas quantidades indicadas, e faça gargarejo com o chá.

Dica: caso não queira fazer o gargarejo a própria ingestão do chá já ajuda, basta apenas não acrescentar o sal e o vinagre a receita do chá.

– Receita três: chá gelado com suco de romã

Ingredientes

2 litros de água;

Meia xícara de mel;

2 pedaços de canela em pau;

3 cravos-da-índia;

20 romãs maduras.

Modo de preparo:

Primeiro faça o chá adicionando juntos na panela a água, o mel, a canela em pau e os cravos-da-índia todos a uma mesma panela. Mexa os ingredientes no recipiente até que fervam e deixe no fogo por mais dois minutos. Em seguida espere que o chá esfrie e leve-o para a geladeira.

Enquanto o chá fica na geladeira pegue as romãs e lave-as bem. Quando estiverem todas limpas role-as sobre a mesa, a pia ou outra superfície firme para quebrar as fibras das frutas e fazer com elas soltem mais suco. Depois disso abra as frutas e bata em deu fundo para que saiam os caroços. Jogue fora toda a parte branca do interior, pois ela que é amarga. A seguir coloque os caroços sobre um pano de prato limpo, enrole-os no pano e pressione com força para liberar bastante do suco.

Depois de retirado o suco dos caroços basta misturá-lo com o chá gelado que você fez primeiro. Sirva com gelo.

Contraindicações do chá de romã

Ainda não existem estudos que comprovem que a romã cause algum mal a gestantes ou a seus bebês em período de amamentação. O que se recomenda é que as mulheres grávidas ou lactantes consultem seus médicos antes de ingerir o alimento.

A romã pode causar reações alérgicas como dificuldade de respiração, inchaço, coceira e corrimento nasal. Recomenda-se que quem tem alergia a planta não faça o consumo nem da fruta nem de seus derivados como o suco e o chá, para evitar sofrer com alguma dessas reações.

Como dito anteriormente a romã possui a propriedade de diminuir a pressão arterial, por tanto não é recomendado que pessoas que sofram de pressão baixa consumam a fruta ou tome seu chá ou suco. Ainda sobre essa propriedade da romã, não é recomendado que se consuma o fruto em datas próximas a alguma cirurgia, pois o alimento pode causar alteração da pressão durante o procedimento.

 

 

No Comments
Post a Comment
Name
E-mail
Website

 Montae Nicholson Womens Jersey