Michael Gallup Authentic Jersey Chá de Espinheira Santa - Emagrecer com Saúde - Suco Detox - BemNutri
Feugiat nulla facilisis at vero eros et curt accumsan et iusto odio dignissim qui blandit praesent luptatum zzril.
+ (123) 1800-453-1546
info@example.com

Related Posts

Blog

Chá de Espinheira Santa

A cada dia mais casos de problemas intestinais vêm aparecendo, entre as
principais doenças estão a úlcera e a gastrite. Tais problemas estão
relacionados a diferentes causas, ente eles estão os maus hábitos alimentares,
o consumo de água e alimentos contaminados e até mesmo o estresse. Uma
alternativa para combater e prevenir essas doenças que afligem o trato
intestinal é o consumo do chá de espinheira santa. Veja como essa erva
medicinal pode ajudar na prevenção dessas e de outras doenças, saiba quais
seus outros benefícios e indicações e descubra como a espinheira santa pode
ajudar também na perda de peso. Você vai ver também uma receita bem fácil
do chá de espinheira santa.

Origem da espinheira santa

A espinheira santa, de nome científico Maytenus ilicifolia, faz parte da família
Celastraceae. Ela é uma planta medicinal originária da região sul do Brasil.
Esta erva medicinal tem se mostrado muito eficiente no combate a gastrite, a
úlceras, a azia e a queimação e também no combate a dores de estômago
devido a suas propriedades medicinais.

Composição da espinheira santa

A espinheira santa é rica em quantidade de taninos, principalmente de
epigalocatequina, uma substância que possui uma ação cicratizante de lesões
causadas por ulceras no estômago, devido ao fato de controlar a produção de
ácido clorídrico no órgão. Os taninos possuem também ação antisséptica por
agir paralisando as fermentações gastrointestinais e os analgésicos.
Estão presentes também na espinheira santa óleos essenciais, como o
fridenelol. Este óleo essencial tem um destaque por sua ação gastroprotetora.
A erva medicinal tem ainda em sua composição os ácidos silícico e tônico, que
possuem ação antisséptica e também cicratizante.

Espinheira santa emagrece

Uma pergunta frequente é se a espinheira santa ajuda a emagrecer e a
resposta é sim. A planta possui esse efeito devido a sua ação levemente
laxativa, aliado a melhora da digestão causada por seu consumo e também
graças a sua ação diurética. De fato ela ajuda devido a melhoria que causa na
digestão no organismo.
A digestão em nosso organismo está diretamente relacionada ao acúmulo de
gordura localizada. Com o órgão digestivo funcionando corretamente o corpo
digere apenas aquilo que realmente precisa e da a capacidade de eliminar o
que não precisa.

Benefícios da espinheira santa

A espinheira santa é rica em benefícios, principalmente devido a suas
propriedades de ajuda ao organismo no trato digestivo. Pesquisas sobre os
benefícios da espinheira santa vêm sendo realizados há décadas e já
apontaram os resultados muito positivos do uso da erva medicinal e sua ação
no combate a problemas estomacais, tais como as gastrites, as úlceras e até
mesmo com gases. O nível baixo de pH causado pela secreção de ácido
clorídrico normalmente pelo estômago, é a principal causa de úlceras, quando
essa substância é produzida em excesso. O ácido clorídrico corrói as paredes
do estômago causando a gastrite e em alguns casos até a úlcera. Graças a
seus benefícios, o chá de espinheira santa pode ser indicado para os seguintes
quadros clínicos:
 Má digestão;
 Azia e acidez estomacal;
 Refluxo;
 Gastrites, inclusive as causadas pela bactéria Helicobacter pylori;
 Úlceras gástricas e duodenais;
 Perturbações do trato gastrointestinal;
 Enterites (inflamações do intestino);
 Flatulência;
 Mau hálito causado por distúrbios estomacais.

Combate contra úlcera

A espinheira santa possui taninos em sua composição e essas substâncias têm
ação cicatrizante de lesões causadas por ulceras no estômago, isso ocorre
porque ela ajuda no controle da produção de ácido clorídrico nos órgãos.

Combate contra a gastrite

A espinheira santa pode ser um bom auxílio em casos que forem
diagnosticados como gastrite. A planta possui essa propriedade devido os
taninos presentes em sua composição que estão diretamente ligados à
redução da secreção do ácido clorídrico por parte das células presentes no
estomago e por isso agem aliviando a gastrite.

Alívio dos gases

A espinheira santa é indicada em casos de produção excessiva de gases por
causa de sua ação antisséptica, graças a enorme quantidade de taninos em
sua composição, pois estes agem de maneira rápida paralisando as
fermentações gastrintestinais além de ser carminativa.

Ação diurética

A espinheira santa também possui uma atuação levemente diurética, isso se
deve à presença de triterpenos, que são compostos bioativos, presentes em
sua composição.

Ajuda no trânsito intestinal

A espinheira santa também atua melhorando o trânsito intestinal devido à
mucilagem, que é uma substância gelatinosa de estrutura complexa que reage
coma a água aumentando de volume e formado uma solução viscosa, presente
na erva medicinal.

Alivia dores no estômago

Por agir evitando a produção excessiva de secreção de ácido gástrico, a
espinheira santa auxilia aliviando as dores no estômago.

Previne o câncer de pele

Pesquisas mostraram atividade de substâncias presentes na espinheira santa
contra as células cancerosas e também contra tumores, Devido aos triterpenos
presentes em sua composição a espinheira santa possui propriedades de
combate contra o câncer de pele. A substância maitansina, que é um alcaloide,
resultou em significativas regressões de carcinoma de ovário e linfomas,
infelizmente não foram realizadas mais pesquisas por terem sido notados altos
níveis de toxicidade nas doses utilizadas.
Porém, outro alcaloide, a maiteína, mostrou pouca ou nenhuma toxicidade e
obteve excelentes resultados na diminuição de tumores epidermóides, que são
aqueles originários de células epiteliais, com redução de até 60% com grande
melhora na condição de vida dos pacientes. Apesar da ajuda feita pelo uso da
planta, é importante frisar que caso você possua um tumor antes de iniciar o
consumo da espinheira santa seu médico deverá ser consultado.

Possui ação cicatrizante

Outra propriedade da espinheira santa é sua ação antisséptica e cicatrizante,
que a planta possui por ter em sua composição os ácidos tônico e silícico.

Outras utilizações

A espinheira santa possui ainda outras utilizações que podem ser aplicadas em
casos específicos. Essas outras aplicações são:
 Anticonceptivo;
 Antisséptico;
 Antiespasmódico;
 Diurético;
 Antiasmático;
 Antitumoral;
 Laxativo;
 Combate enfermidades do fígado;
 Cicatrizante.
Dica: Mesmo com a ação digestiva, cicatrizante, anti-inflamatória e protetora
da mucosa gástrica, o médico deve sempre ser consultado para avaliar o

benefício do uso da espinheira santa como auxiliar no tratamento dessas ou de
quaisquer outras doenças.

Como tomar espinheira santa

As partes utilizadas para consumo da espinheira santa são suas folhas, suas
cascas e suas raízes. Todas essas partes podem ser consumidas através do
chá, ou através de tinturas ou como cápsulas. Outra opção de uso é usar essas
partes externamente como cicatrizante da pele.
Para auxiliar na digestão o chá da espinheira santa deve ser ingerido depois
das refeições. Uma opção para as pessoas que querem utilizar a espinheira
santa, mas tem resistência ao gosto ou ao cheiro da planta é o consumo de
cápsulas. O recomendado para o uso das cápsulas e que sejam ingeridas um
ou duas antes das refeições mais importantes do dia, café da manhã, almoço e
jantar.

Compressa quente de espinheira santa

A espinheira santa pode ajudar ainda com problemas de pele como acne,
eczema ou cicatrizes. Para ajudar com esses problemas de pele basta aplicar
sobre as regiões afetas compressas do chá de espinheira santa, diretamente
sobre as lesões. O chá deve estar morno para que aqueça a região, mas não
quente demais para que aja alguma queimadura, por isso tenha cuidado.

Quantidade a ser usada

O recomendado para o consumo de espinheira santa é de duas a três xícaras
de chá ao dia, ou duas cápsulas que devem ser tomadas três vezes ao dia, ou
então vinte gotas do extrato da espinheira santa diluído em um terço de copo
de água, duas vezes ao dia.

Receita de chá de espinheira santa

A única parte da espinheira santa que deve ser utilizada para fazer o chá são
suas folhas. Veja como deve ser feito:

Ingredientes

1 colher de chá de folhas secas de espinheira-santa
1 xícara de água

Primeiro coloque a água em uma panela no fogo. Quando a água começar a
ferver adicione as folhas secas da espinheira santa. Em seguida tampe o
recipiente e deixe repousar por cerca de dez minutos. Depois disso coe o chá e
tome ainda morno. O aconselhado é que se tome o chá no mínimo três vezes
ao dia, de preferência em jejum, ou pelo menos meia hora antes das refeições.

Contraindicações da espinheira santa

A espinheira santa é extremamente contraindicada de ser consumida durante a
gravidez ou durante o tratamento de infertilidade feminina, pois a planta tem
efeito abortivo como já foi comprovado em pesquisas cientificas. Também se
recomenda que mulheres que estejam em período de amamentação não
consumam a planta, porque a espinheira santa pode causar diminuição da
quantidade de leite materno. A espinheira santa não é recomendada também
para consumo de crianças menores de doze anos.

Dica: Outro cuidado que deve ser tomado quanto ao consumo da planta é
sobre sua veracidade, pois existem dois tipos de plantas, a Mata-olho (Sorocea
bonplandi) e a falsa espinheira santa (Zollernia ilicifolia), que se parecem com a
espinheira santa, mas seu consumo pode causar sérios danos à saúde.

Perigos do consumo em excesso

Entre as principais reações do consumo de espinheira santa em excesso estão
as náuseas, a sensação de boca seca, cefaleia, tremor, sabor estranho na
boca, sonolência, dor nas articulações das mãos, poliúria e cistite.

 

No Comments
Post a Comment
Name
E-mail
Website

 Montae Nicholson Womens Jersey