Michael Gallup Authentic Jersey Dieta Paleolítica - O que é? Como fazer? Como funciona? - Emagrecer com Saúde - Suco Detox - BemNutri
Feugiat nulla facilisis at vero eros et curt accumsan et iusto odio dignissim qui blandit praesent luptatum zzril.
+ (123) 1800-453-1546
info@example.com

Related Posts

Blog

Dieta Paleolítica – O que é? Como fazer? Como funciona?

Maneiras de emagrecer costumam causar muitos debates polêmicos por, muitas vezes, se tratarem de métodos extremistas que ignoram as boas condições de vida em busca apenas de um corpo magro. No entanto, existem sim formas eficazes de buscar a perda de peso, principalmente na busca pela satisfação pessoal, algo tão importante, mas que é corriqueiramente ignorado por boa parte da população.

O que deve ser entendido é que comer menos pode significar a perda dos quilos a mais que você tanto quer, mas isso pode desencadear em outros efeitos indesejados que vão te trazer problemas que podem ser difíceis de se lidar. Dessa forma, a escolha do método de emagrecimento é fundamental para que você mantenha uma vida saudável, apenas com os sacrifícios necessários para a busca do seu objetivo.

Uma dessas dietas para emagrecimento é a chamada dieta paleolítica, ou dieta paleo, que apresenta algumas curiosidades muito interessantes que vão despertar a sua atenção.

O que é dieta paleolítica?

O conceito principal da dieta paleolítica é acreditar que os seres humanos devem se alimentar apenas de comidas frescas e naturais, que não passaram por processos industrializados, o que reflete na dieta de nossos ancestrais, que eram caçadores e coletores durante a era paleolítica. Essa era teve início há mais de 2 milhões de anos atrás e terminou há cerca de 10 mil anos, representando um período muito grande da história do universo. Basicamente, essa dieta inclui alimentos que necessitam ser “caçados” ou pescados, como por exemplo, carnes e frutos do mar, além de frutas e legumes, que são “colhidos”.

A dieta paleolítica, a partir desse princípio, exclui os alimentos que não estavam disponíveis para os habitantes daquela época e alguns outros que não atendem às características nutricionais fundamentais dessa dieta.

Quem defende a dieta paleolítica diz que esses alimentos são melhores para o corpo humano, pois durante toda a trajetória da humanidade, nosso organismo se adaptou para a ingestão dessas comidas. O argumento é que a nossa genética não mudou muito desde os tempos paleolíticos, acreditando que o corpo humano, juntamente com nosso metabolismo, não acompanhou os avanços dos processos de fabricação de alimentos e da agricultura que aconteceram nos últimos tempos. Desse modo, o organismo não está bem adaptado à dieta moderna, que é rica em grãos, alimentos processados e lácteos. A partir dessa lógica, uma dieta paleolítica traria benefícios e bem-estar a sua saúde.

Existem evidências que ajudam a provar o ponto dos defensores da dieta paleolítica. Estudos foram capazes de descobrir que em algumas culturas, a incidência de alguns distúrbios como diabetes, doenças cardíacas e obesidade só aumentaram a partir do momento que alimentos processados começaram a aparecer na alimentação de determinadas regiões. Mais recentemente, novos estudos mostraram como fatores de risco para doenças cardiovasculares e diabetes tipo 2 acabaram diminuindo a partir de uma dieta paleolítica, mas ainda é preciso mais trabalhos focados nisso para uma constatação eficiente.

Dieta paleolítica: o que comer

Na prática, tudo isso significa que as pessoas que seguem uma dieta paleolítica devem comer:

  • Frutas e legumes frescos.
  • Peixe e frutos do mar.
  • Carnes produzidas a partir de animais de pasto
  • Nozes e sementes.
  • Azeite de oliva, nozes, linhaça, macadâmia, abacate e coco.

Agora, vamos deixar um pouco mais claro o que deve ser evitado caso você decida adotar essa dieta.

  • Grãos de cereais (o que significa sem massa, pão ou arroz).
  • Comida diária.
  • Açúcar refinado.
  • Legumes, incluindo feijão e amendoim.
  • Alimentos processados.
  • Óleos vegetais refinados.

Adotar uma dieta paleolítica significa fazer de alimentos frescos e que não passaram por processos industrias a prioridade ou até exclusividade de sua alimentação. Os alimentos processos geralmente são considerados alimentos que, em seu processo de fabricação, tiveram adicionados em sua composição conservantes ou aromatizantes artificiais. A partir disso e de outros processos por quais eles passam, acabam por ser alimentos ricos em calorias, mas também em sal. E esse sal é muitas vezes inimigo, pois pode ajudar a desenvolver pressão alta, que pode desencadear em coisas graves como derrames e doenças cardíacas.

Além disso, depois de ter compreendido o conceito básico, uma dieta paleolítica é relativamente fácil de seguir. Não envolve contagem de calorias, pesagem de alimentos, etc.

Os benefícios da dieta paleolítica

O ponto positivo da dieta paleolítica é que você não está abrindo mão de tantas coisas que pareceriam inimagináveis para outros tipos de dietas. Por exemplo, você pode continuar comendo carnes e ovos normalmente, apesar de perder a opção dos legumes industrializados. Ainda assim, existem propósitos interessantes que podem te convencer a adotar essa dieta especial, como sua capacidade de ajudar na redução do risco de doenças cardiovasculares, diabetes tipo 2, além de doenças crônicas degenerativas.

Além desses pontos citados, a dieta também busca ajudar no emagrecimento, no combate a cravos e espinhas, no seu sono, tentando oferecer também maior clareza mental e perspectivas. Aumento de energia e do desempenho atlético também são possíveis benefícios de uma dieta paleolítica bem seguida e balanceada.

Na dieta paleolítica, acontece uma baixa ingestão de carboidratos. Os que são comidos são aqueles que possuem baixo índice glicêmico. A principal fonte deles são as frutas e vegetais frescos, que acabam fornecendo de 35% a 45% da ingestão diária de calorias, mas com baixo índice glicêmico, como mencionado. Isso faz com que essas substâncias sejam absorvidas mais lentamente pelo organismo, causando um impacto menor nos níveis de açúcar sanguíneos. Por outro lado, é uma dieta com alto teor de proteína, o que pode ajudar inclusive no caso de você estar aliando essa alimentação a exercícios físicos constantes.

No Comments
Post a Comment
Name
E-mail
Website

 Montae Nicholson Womens Jersey